Saiba quais os passos necessários para você criar um e-commerce

O movimento na área do comércio eletrônico está em ascensão. E, embora haja um grande número de lojas online consolidadas, muitas marcas têm visto a digitalização como uma forma de se reorganizar para alcançar suas vendas. Dessa forma, as dúvidas sobre os cuidados e passos necessários para a criação do site próprio de vendas estão ganhando visibilidade. Então, confira as dicas a seguir do Thiago Mazeto, diretor do comercial e marketing da Tray, unidade de e-commerce do Grupo Locaweb.

Para montar sua plataforma própria, é preciso ter um planejamento prévio já com objetivos estabelecidos. É a partir deles que você irá organizar os produtos que irá vender, procurar uma conta que garanta o fluxo de caixa e margem do negócio, além de estudar seu público-alvo.

Segundo o especialista da Tray, estudar como ocorrem as aquisições de tráfego e conversão de vendas, fluxo de caixa e margem, logística a ser implementada, possibilidade de integração com marketplaces e com meios de pagamentos é fundamental. “Para que tudo saia como o esperado, é preciso traçar o público-alvo, saber as necessidades dentro do nicho e se preparar em relação à gestão do negócio”, explica ele.

Ao começar, também é fundamental tomar os devidos cuidados para não acabar sendo amador dentro da sua área. Por isso, para quem está começando, a dica é lembrar-se de que a qualidade é um dos principais pontos para o comprador. É imprescindível cumprir com as promessas, principalmente, em relação aos prazos de entrega. Outro ponto de atenção é estabelecer uma margem para saber até onde pode ir quanto às estratégias de preços.

No quesito confiança, é possível estruturar algumas ações para ser transparente com os clientes. “Escolher o layout da sua loja virtual de forma embasada é uma forma de transparecer segurança e credibilidade. E, indo mais a fundo, também é preciso garantir a qualidade dos produtos e segurança nas transações, tanto para o comprador, quanto para você, vendedor”, sugere Mazeto.


Dessa forma, dentre os pontos principais para criar seu e-commerce e colocar suas vendas na internet, é importante mencionar a valorização da experiência do usuário. Para isso, a estratégia é optar por uma plataforma responsiva, que garanta os acessos via celular, que vêm crescendo até mesmo quando se trata de compras online.

Assim, além da organização, questões como logística, financeiro e navegação são fundamentais para a demanda e até mesmo o aumento dela. “Feito é melhor que não feito. É importante começar, mesmo que o negócio ainda seja pequeno, pois assim você pode evoluir gradualmente. E, para garantir esse avanço, a maior dica é optar por uma plataforma de e-commerce que integre sua página com todo seu ecossistema e passe segurança e estabilidade para seu negócio”, finaliza o especialista.

Compartilhar
Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.