FIEP sedia 70ª edição do maior evento de BPM do mundo

Mostrar como as empresas, públicas ou privadas, podem obter eficiência, reduzir custos e melhorar os resultados. Essa é a proposta do BPM Day Curitiba, evento gratuito que será realizado dia 18 de novembro no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP). O evento, que tem como tema central o Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM – Business Process Management), trará cases de sucesso das empresas Bematech, Correios, NutriMedical, Softplan e FIEP.

O delegado regional da ABPMP (Associação de Profissionais de Gestão de Processos de Negócios) no Paraná, Xisto Alves Souza Junior afirma que o gerenciamento de processos de negócios consiste na premissa de ‘fazer mais com o mesmo’, ou seja, a partir da adoção de mudanças na forma de agir e pensar das organizações, é possível atingir resultados significativos. Segundo ele, se engana quem pensa que o gerenciamento de processos consiste basicamente em investimentos em tecnologia. “A adoção de gerenciamento de processos não é uma atitude isolada, mas sim uma mudança de cultura da própria organização de enxergar suas ineficiências e encontrar meios de agregar valor aos produtos ou serviços, conquistando cada vez mais o cliente, de forma diferenciada”, destaca.

Essa será a 70ª edição do BPM Day no Brasil e a quinta na capital paranaense. A promoção é da ABPMP Brasil, que é um capítulo de uma instituição norte-americana sem fins lucrativos que tem a proposta de difundir os conceitos do BPM. Desde a primeira edição, em maio de 2011, o BPM Day já reuniu um público superior a 27 mil participantes, sendo considerado o maior evento sobre o tema no mundo. O BPM Day Curitiba -, que tem entrada franca e vagas limitadas – será realizado das 8h às 18h e as inscrições podem ser feitas no site www.sympla.com.br/bpm-day-curitiba-2015__37406 .

BPM Day Curitiba

Quando: 18 de novembro de 2015

Horário: das 8h às 18h

Local: Auditório Mário de Mari – no Centro de Eventos da FIEP – Avenida Comendador Franco, 1.341

Informações: www.abpmp-br.org

Entrada franca e vagas limitadas

Bematech tem receita líquida histórica em 2014

A Bematech S.A. (BM&FBovespa: BEMA3) provedora de soluções completas de tecnologia para o varejo, food service e hospitality, divulga seus resultados financeiros referentes ao último trimestre de 2014 (4T14) e consolidado anual. No ano de 2014 – que marca a consolidação do posicionamento estratégico da companhia e sua atuação acertada e direcionada às verticais alvo, a empresa alcançou novo recorde de receita líquida – registrando R$ 425,6 milhões, valor 16,5% superior ao resultado consolidado de 2013. No 4T14, esse crescimento foi de 13,6%, alcançando R$ 114,8 milhões, contra R$ 101,1 milhões no 4T13.

Acentuando o crescimento estável e o sucesso da execução do planejamento desenhado para a companhia, o EBITDA no ano avançou para R$ 88,2 milhões, valor 18,3% acima do registrado em 2013, com margem de 20,7%. Quando comparamos os dois últimos trimestres de 2014 e 2013, a evolução do índice foi de 11,6%, atingindo 23,4 milhões no 4T14.

A rentabilidade da companhia seguiu em ascensão, atingindo R$ 179,8 milhões de lucro bruto, contra R$ 143,6 milhões em 2013 – evolução de 25,2%. No tri, o lucro bruto totalizou R$ 48,5 milhões, 21,9% superior ao mesmo período do ano passado. Quando olhamos para o lucro líquido, a evolução no consolidado do ano foi de 25,9%, registrando R$ 54 milhões em 2014 contra R$ 42,9 milhões em 2013. No 4T14, o lucro líquido foi de R$ 12,4 milhões, em linha com o mesmo período do ano passado.

Ao longo de 2014 os investimentos da companhia totalizaram R$ 17 milhões, correspondendo a 4% da receita líquida total, valor 6,9% superior ao registrado em 2013. Desse montante, 67% destinou-se ao desenvolvimento de novos produtos e 33% aos ativos para manutenção das operações.

Resultado por verticais

Varejo

O desempenho da vertical de varejo no 4T14 foi impactado positivamente pelos efeitos da sazonalidade, uma vez que os estabelecimentos buscam se preparar para o aumento das vendas impulsionado no período pelo Natal e Black Friday.

Com seu portfólio diferenciado – que combina equipamentos, sistemas de gestão, serviços de suporte e manutenção, meios de pagamento e soluções fiscais – a Bematech avançou fortemente tanto em novos projetos dentro dos clientes, quanto na conquista de novos estabelecimentos. É importante ressaltar ainda o aspecto da fidelização, uma vez que, com o portfólio completo e a ampla capacidade de atendimento e distribuição da Bematech, os clientes conseguem ter todo suporte em seu crescimento, o que os mantém ainda mais fiéis à marca.

Food Service

No 4T14, a vertical de food service impactou a receita da companhia de forma positiva. O lançamento no 3T14 da versão web do Bematech Chef, comercializada como SaaS (Software as a Service), em conjunto com os novos produtos colocados no mercado, como a comanda eletrônica e o GDI (Gestor de Indicadores), impulsionaram o resultado da vertical.

Com o portfólio mais robusto, foi possível perceber o avanço de vendas por parte das revendas, que passaram a levar soluções com mais funcionalidades aos seus clientes, ampliando as oportunidades de receita recorrente por meio de inovações que agregam valor às soluções. A expansão do número de revendas também contribuiu para os resultados do segmento, fortalecendo ainda mais a capilaridade da companhia. O treinamento desses canais é outro diferencial da Bematech, principalmente se considerarmos o processo de expansão e interiorização das novas redes. No trimestre também houve avanço no mercado corporativo de redes e franquias, tanto de redes nacionais, como internacionais.

Acompanhando o futuro do varejo, a Bematech está concluindo a integração do sistema de gestão da vertical com os aplicativos de delivery que estão ganhando espaço em bares, restaurantes e lanchonetes.

Hospitality

Como nas demais verticais, 2014 também foi positivo para hospitality. Em Hotéis, a Bematech registrou aumento do número de clientes, tanto pela expansão da base existente – que continua com a abertura de novas unidades, principalmente no interior – como pela conquista de novas redes, sendo algumas internacionais, que iniciaram em 2014 seus primeiros investimentos no Brasil. Além disso, diferentes fontes de receita têm surgido com o lançamento de novas funcionalidades e produtos – como as soluções de mobilidade – e a prestação de serviços e consultorias.

A receita do sistema de reservas manteve a evolução dos últimos trimestres, principalmente pelo aumento de reservas efetuadas pelos GDSs (Global Distribution Systems) e OTAs (Online Travel Agencies).

Já no setor de transportes, a receita foi impactada pelo aumento de venda de soluções e cross-selling nos clientes, como também pela continuidade da evolução das vendas de micro-seguros e serviços de IaaS (Internet as a Service). Outros destaques do 4T14 foram as vendas dos terminais de autoatendimento com sistema de gestão embarcado e as vendas de soluções fiscais, fazendo frente à resolução nº 4.282 de 17/02/14 da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT).

Ainda nesse mercado, cujo foco é automação do ponto de venda, ingressamos em um novo segmento de transportes terrestres, com destaque para a conquista de um novo cliente no mercado do Chile, bem como novas perspectivas que se abrem no cenário nacional.

Operações de Venda e Cobertura Comercial

O ano teve sua sazonalidade afetada pela Copa do Mundo. Diferentemente do tradicional – no qual o primeiro semestre é mais fraco para o varejo e o segundo semestre mais aquecimento dado a preparação para o final do ano – 2014 registrou um pico no primeiro trimestre, com evoluções mais amenas ao longo dos demais períodos.

Ainda assim, passado o período de Copa do Mundo e eleições presidenciais, as vendas no 4T14 se mantiveram estáveis. A diversificação e amplitude das revendas com as quais a Bematech trabalha fizeram uma importante diferença nesse trimestre, mantendo os impactos positivos sobre a receita total da companhia. Ainda no 4T14 houve destaque para o lançamento do Bemacash, solução de automação comercial baseada em mobilidade, software na nuvem e integrada com meios de pagamento com a parceira Rede, destinada aos pequenos varejistas.

Meios de Pagamento

As soluções de meios de pagamento mantiveram bom ritmo de vendas no 4T14. O lançamento do TEF mobile para tablets e smartphones, anunciado no 3T14 intensificou a presença da companhia nesse mercado. Com o desenvolvimento de novos canais de vendas participantes do programa Bematech Mais, a base instalada do BemaTEF tem aumentado significativamente e, atrelado ao portfólio completo de soluções, continua alavancando os negócios das revendas e da Bematech.

Soluções Fiscais

As mudanças sobre as futuras soluções fiscais se intensificaram ao longo de 2014. Atualmente, cinco Estados já iniciaram as mudanças para a NFC-e, são eles: Acre, Amazonas, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Por meio de sua Plataforma Fiscal, lançada no 2T14, a Bematech tornou-se capaz de atender, com uma única solução, a todos os modelos presentes no mercado – ECF, NFC-e e SAT. As diferentes exigências por Estado estimularam as vendas dessa solução principalmente no mercado corporativo de franquias e grandes redes, que precisaram se adequar aos modelos fiscais nos diversos Estados em que atuam.

Além disso, mais uma vez a capilaridade tem feito diferença, pois o número de revendas e sofware houses homologadas e treinadas a comercializar a solução tem aumentado significativamente tri a tri.

GPTW Paraná: 20% das melhores empresas para trabalhar são associadas da Assespro

O Instituto Great Place to Work divulgou as 25 empresas premiadas como as melhores para trabalhar no Paraná em evento realizado em parceria com o jornal Gazeta do Povo. Um dos principais destaques fica para o setor de tecnologia da informação. Das vencedoras, cinco são associadas da Assespro-Paraná, entidade que representa as empresas de TIC no estado. A DB1 Global Services, de Maringá, ficou em nono lugar. A Datacoper, de Cascavel, ocupa a décima segunda posição. De Curitiba, A Bematech está em décimo sexto lugar. HSBC GLT aparece em décimo oitavo e Cinq Technologies ocupa a décima nona posição. Esta é a quinta edição do prêmio no Paraná. A posição de destaque das associadas da Assespro-Paraná, com 20% das vencedoras, reafirma o trabalho da entidade no associativismo voltado para o desenvolvimento do setor de tecnologia. Saiba mais sobre o GPTW Paraná no site do jornal Gazeta do Povo.