Oi amplia em 64% os investimentos no Paraná, com foco na expansão do serviço de fibra ótica de alta velocidade

A Oi realizou nesta semana, no Paraná, “Rota de Mercado” com foco no serviço Oi Fibra com a presença do diretor Comercial nacional, Bernardo Winik e de todo time de mercado Varejo e Empresarial. Com foco na melhoria constante do relacionamento com o cliente e na expansão do serviço que leva fibra ótica de altíssima velocidade, até 200 mega, diretamente à casa do cliente, o time de mercado que atende as regiões com DDD 41, de Curitiba e região Metropolitana, realizou visitas a pontos de vendas (lojas, quiosques e parceiros) e reuniões com colaboradores. Durante a “Puxada de Vendas”, mais de 180 vendedores participarão das ações.

Um evento de integração da equipe do Varejo de todo Paraná foi realizado na capital paranaense e contou com a presença do diretor Comercial da Oi, Bernardo Winik, do diretor de Vendas Varejo e Empresarial da Oi, Manoel Campos, e do diretor da Regional Sul, Giovani da Silva. Durante as diversas ações que serão realizadas também ocorreu a inauguração da nova loja da Oi localizada no bairro Sitio Cercado, em Curitiba.

A Oi está avançando na sua estratégia de ampliar o número de cidades com acesso à Oi Fibra, levando o seu serviço de internet de alta velocidade para 68 municípios brasileiros. No Paraná, a Oi já conta com mais de 12,3 mil clientes Oi Fibra (equivalente a 52% dos clientes Oi Fibra na região Sul) e está presente em quatro municípios: Curitiba, Colombo, São José dos Pinhais e Almirante Tamandaré. O diretor Bernardo Winik, destaca: “Para atender à crescente demanda por internet de alta velocidade, a Oi vem direcionando investimentos para ampliar o número de cidades com acesso à Oi Fibra, que registrou em julho 13% de expansão. Estamos estudando a expansão do serviço para mais cidades no estado até dezembro de 2019”.

A operadora conta com vantagens competitivas para ampliar a capilaridade do seu serviço FTTH (Fiber To The Home) por ter a maior rede de transporte de dados já instalada do país, com mais de 360 mil quilômetros de fibra em todo o Brasil, e adota desde o segundo semestre do ano passado uma estratégia de reuso da infraestrutura que garante mais agilidade e redução de custos para implantação da internet via fibra ótica até a casa do cliente.

Lançada em 2018, a Oi Fibra conquistou, até o mês de julho, 292 mil clientes e chegou a 2,8 milhões de casas (Homes passeds – HPs). A Oi Fibra oferece internet de até 200 mega por preços a partir de R$ 99,90 com acesso à plataforma digital Oi Play. Pelo Oi Play, os clientes conseguem ter uma experiência completa de consumo de conteúdo por streaming, com funcionalidades que garantem autonomia e personalização. É possível assistir a video on demand de diversos parceiros (Discovery, ESPN, FOX, Globosat, HBO, Telecine, Turner e Viacom), ver “Canais ao Vivo” e “Pra Alugar” (aluguel de filmes), além de usufruir da recém anunciada funcionalidade “Pra Trocar”, que permite ao usuário escolher a cada mês quais serviços de conteúdos vai consumir.

Investimentos no Paraná

A Oi investiu mais de R$ 245,1 milhões no Paraná no primeiro semestre de 2019, um aumento de 64% em relação ao mesmo período do ano anterior. A operadora oferece cobertura 4G em *57 cidades do estado e conta com 3 milhões de clientes na telefonia fixa, telefonia móvel, banda larga e TV por assinatura. O diretor de mercado da Regional Sul, Giovani da Silva, diz: “A Oi tem como estratégia estar sempre muito próxima de seus clientes para identificar o que eles mais desejam e essa proximidade se torna um diferencial competitivo da companhia. Trabalhamos constantemente no desenvolvimento de serviços e ofertas que atendam as demandas e preferência dos consumidores de hoje”.

*Cidades com cobertura 4G da Oi no Paraná: Almirante Tamandaré, Apucarana, Arapongas, Araucária, Assis Chateaubriand, Bandeirantes, Cafeara, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Mourão, Cascavel, Castro, Cianorte, Colombo, Curitiba, Dois Vizinhos, Farol, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guairá, Guarapuava, Guaratuba, Irati, Jacarezinho, Jaguariaíva, Lapa, Laranjeiras do Sul, Londrina, Mandaguari, Marialva, Maringá, Medianeira, Palmas, Palmeira, Paranaguá, Paranavaí, Pato Branco, Pinhais, Pinhão, Pitanga, Ponta Grossa, Prudentópolis, Quatro Barras, Quedas do Iguaçu, Rio Branco do Sul, Rio Negro, Santa Inês, Santo Antônio da Platina, Santo Inácio, São Jose dos Pinhais, São Mateus do Sul, Sarandi, Telêmaco Borba, Toledo, Umuarama, União da Vitoria e Virmond.

Oi abre oportunidades para 3 modelos de franquias no estado – quiosques, lojas de rua e lojas de shoppings

Com o objetivo de ampliar sua atuação no mercado nacional e estar cada vez mais próxima dos clientes, a Oi está oferecendo vantagens competitivas como a menor taxa do mercado e isenção de royalties por 12 meses para a abertura de novas lojas no Paraná. A empresa garante ainda a capacitação do novo franqueado no padrão Oi de operação, que pode abrir seu negócio com investimento inicial a partir de R$ 65 mil.

Hoje a Oi tem 184 lojas próprias no país, sendo quatro no Paraná, que testam e aprovam o modelo de negócios da empresa, replicado atualmente em cerca de 600 lojas operadas por parceiros, sendo 38 no Paraná. O objetivo da companhia é crescer a rede em pelo menos 15% em 2019 e manter o ritmo de crescimento no próximo ano. Para divulgar os diferenciais da proposta de franquia, a Oi aprimorou seu hotsite e nele oferece um passo a passo do processo de abertura de loja para potenciais empreendedores. “A Oi ajuda o novo parceiro desde o momento em que ele demonstra o interesse no negócio até a abertura da loja, oferecendo todo o suporte operacional para que seja uma parceria de sucesso. O tempo médio de retorno do investimento é de 2 anos, considerado muito bom no mercado”, informa Bernardo Winik.

As oportunidades estão disponíveis em diversas regiões do país, oferecendo 3 modelos de franquias – quiosques, lojas de rua e lojas de shoppings. O diretor Bernardo ressalta que a escolha do ponto comercial é uma das questões primordiais para garantir o bom desempenho da nova franquia. “Importante ser analisado o local (fluxo de pessoas), a dimensão (espaço interno da loja que permita circulação para as etapas do processo de vendas) e os custos (deve ser adequado ao faturamento esperado). A meta até o final do ano é ampliar em 30% o número de franquias e lojas próprias no estado”, completa Bernardo. A Oi oferece ainda material para o PDV e propaganda gratuitos, além de uma equipe permanente de suporte à disposição do parceiro, através de um gestor de conta.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.