Mulheres são apenas 13% na carreira de desenvolvimento

Mulheres representam apenas 13% dos profissionais na carreira de desenvolvimento, segundo o Retrato de Desigualdade de Gênero em Tecnologia 2019, estudo desenvolvido pela Revelo, plataforma de recrutamento digital, que analisou mais de 212 mil candidatos e 27 mil ofertas feitas por empresas.

Com base nos dados levantados pela Revelo, é possível verificar que existe uma distribuição desigual na escolha de carreiras entre candidatas e candidatos. O gráfico abaixo, por exemplo, mostra que a distribuição entre homens e mulheres na carreira de Desenvolvimento, é uma das mais desiguais, onde os homens representam 87% dos candidatos inscritos na plataforma. Por outro lado, as carreiras de Marketing Online e Negócios apresentam maior tendência a receberem cadastros do gênero feminino, com 61% contra 39% dos cadastros masculinos.

Distribuição de candidatos homens e mulheres, por carreira

Outro dado levantado para investigar a desigualdade identificada é o comportamento enviesado dos recrutadores ao longo do processo seletivo. Para explicar a diferença de gênero encontrada no mercado, a Revelo levantou a hipótese de que recrutadores homens podem demonstrar preferência por candidatos homens e descobriu que isso acontece na prática.

O gráfico abaixo sugere que recrutadores abordam muito mais homens do que mulheres. Curiosamente, no entanto, esse viés parece ser independente do gênero do recrutador: seja o recrutador homem ou mulher, ambos parecem ser igualmente enviesados na escolha dos candidatos homens.

Proporção do volume de contatos com candidatos mulheres de acordo com gênero do recrutador

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.