Empresários do comércio paranaense estão mais confiantes

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), elaborado pela Confederação do Comércio do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), aponta maior concentração de empresários otimistas em fevereiro. Com 129,1 pontos, verifica-se elevação anual de 14,4% e alta de 5,9% na comparação com janeiro. O índice nacional mostra 124,9 pontos, com variação de 3,2% na comparação com o mês anterior e aumento de 10,3% ante fevereiro de 2018.

A pesquisa avalia três pontos fundamentais na rotina empresarial: Condições Atuais do Empresário do Comércio, Expectativa do Empresário do Comércio e Índice de Investimento do Empresário do Comércio.

Em relação às Condições Atuais do Empresário do Comércio, que incluem a situação da economia, do comércio e das empresas comerciais, o índice teve aumento de 19,9% no Estado quando comparado ao mesmo mês anterior e de 17,1% comparado ao mesmo mês do ano anterior.

A Expectativa do Empresário do Comércio, que mede expectativa com a economia brasileira, expectativa do comércio e expectativa de empresas comerciais, está positiva, tanto a nível estadual quanto nacional. No Paraná, o índice teve aumento de 12% na variação anual e de 1,3% ante janeiro, reafirmando a esperança dos empreendedores para este ano.
O índice Investimentos, que apresentou crescimento anual de 15,4% no Paraná e de 1,3% na variação mensal, abrange indicador de contratação de funcionários, nível de investimentos das empresas e situação atual dos estoques.

Condição Atual X Expectativas

Proprietários de estabelecimentos comerciais com mais de 50 funcionários se enxergam em melhores condições do que as empresas menores. A expectativa se destaca frente à atualidade, sendo a condição atual do setor do comércio de 104 pontos na categorização geral, de 103,7 nas empresas com quadro funcional menor do que 50 colaboradores, e de 121,4 nas empresas com maior número de funcionários. A expectativa é praticamente idêntica nas três divisões da pesquisa.

Investimentos

Para 37% dos empresários os investimentos estão um pouco menores; para 33%, um pouco maior; para 16% muito menor e, para 14%, muito maior do que no ano passado.

Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.