Aceleradora Sistema Fiep, localizada em Pato Branco, divulga as startups selecionadas para programa de aceleração

O investimento em inovação é fundamental para a geração de mais empregos, renda e oportunidades. Visando atuar no desenvolvimento de empreendimentos inovadores de alto impacto, que tenham perspectiva de mercado e crescimento em escala, a Aceleradora Sistema Fiep de Pato Branco, divulgou as startups selecionadas para participar do programa de aceleração. “Selecionamos empresas que estão com produtos validados e em fase de tração, precisando focar agora na abertura de novos mercados”, explica Juliano Lima, coordenador local do processo.

Versa Tecnologia e Marketing, EdukaMaker, Leadfinder Tecnologia e Terris Tecnologia foram as startups escolhidas na primeira banca de seleção realizada pela Aceleradora Sistema Fiep, em Pato Branco. As quatro startups receberão apoio para aprimorar seus negócios e participarão de um programa de crescimento com duração de 12 meses, dividido nas seguintes fases: diagnóstico, mentoria, validação de mercado e investimentos. Durante o processo de aceleração, o Sistema Fiep ajudará a estruturar planos de ação e de negócios, desenvolvimento de portfólio de produtos e serviços, além de levantar potenciais investidores e clientes.

Localizada em Pato Branco, a Versa é uma empresa de tecnologia com soluções completas de hardware, software e conteúdos integrados para o mercado de Sinalização Digital. “Nossa expectativa é que, estando na aceleradora, tenhamos melhoria dos nossos processos, uma melhor leitura do mercado, conexão com indústrias e visibilidade”, afirma o diretor Ângelo Alfredo Garcia.

A segunda selecionada é a EdukaMaker, empresa de robótica educacional. A staurtup de Francisco Beltrão leva, para escolas públicas e particulares, cursos e oficinas de robótica, impressão 3D, prototipagem e programação. “Estamos felizes em termos sidos selecionados. O Sistema Fiep poderá nos dar suporte e apoio, além de ser um grande parceiro na conquista de novos clientes, capital e visibilidade”, comenta Henrique Alves Camargo, cofundador da empresa.

Com uma plataforma para captação e qualificação de leads, a Leadfinder Tecnologia, localizada no município de Dois Vizinhos, é a terceira startup selecionada. Com oito meses de existência, a empresa já tem 34 clientes. Para Fernando Osmarini, CEO da Leadfinder, a Aceleradora ajudará em diversos aspectos, principalmente na conexão com a indústria. “Teremos a possibilidade de expor nosso trabalho para potenciais investidores, de ter uma rede de mentores que nos auxiliarão e, claro, uma excelente infraestrutura para escalar nossa operação”, ressalta.

Há três anos no mercado, a Terris Tecnologia, situada em Pato Branco, é voltada para a agricultura de precisão, desenvolvendo tecnologias para o homem do campo. A empresa é integrante da incubadora tecnológica do município e, por isso, não será residente na Aceleradora, participando, porém, das atividades e programa de mentorias ofertados pelo Sistema Fiep.

Primeira Aceleradora do Sistema Fiep no interior do Paraná

Com a inauguração da Aceleradora do Sistema Fiep em Pato Branco, em agosto de 2018, os empreendedores da região Sudoeste estão tendo a oportunidade de receber apoio para estabelecer uma boa relação com a indústria e colocar o seu produto no mercado de forma assertiva. “Os municípios da região estão se destacando como polos tecnológicos e por isso receberam a primeira aceleradora do Sistema Fiep implantada fora da capital”, comenta Juliano.

Instalada nas dependências da Casa da Indústria, a Aceleradora Sistema Fiep tem como objetivo desenvolver empresas que possuam um negócio com perspectiva de mercado e crescimento em escala, com produto, serviço ou processo inovador que gere impacto social ou ambiental.

Em Curitiba, a Aceleradora Sistema Fiep existe há sete anos, já graduou 14 startups e atualmente acelera 12. Para participar do programa da Aceleradora, as empresas precisam ter um Mínimo Produto Viável (MVP), ou seja, um produto que tenha sua funcionalidade mínima implementada. Também é necessário que tenham as documentações completas e atualizadas. Saiba mais em sistemafiep.org.br/aceleradora.

Para o primeiro semestre deste ano está previsto o lançamento de outras cinco aceleradoras pelo Paraná, em Maringá, Toledo, Ponta Grossa, Francisco Beltrão e uma segunda unidade na Capital Paranaense, no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Fonte: Sistema Fiep

Marcado , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.