Prefeitura de Arapongas adota soluções Autodesk para otimizar processos e reduzir custos na construção civil

Recentemente o governo federal lançou a estratégia nacional para difundir o BIM, siga em inglês para Building Information Modeling (ou Modelagem de Informação na Construção). Trata-se de uma plataforma de gestão que promete reduzir custos e combater a prática de recorrentes aditivos na construção civil.

Com o sistema (BIM), estima-se um aumento em 10% da produtividade do setor, além da redução de custos que pode chegar a 20%.

Aproximadamente um terço dos materiais usados nas obras – de cimento a vergalhões, passando por instalações elétricas e hidráulicas – corresponde a desperdício que pode ser reduzido. Atualmente apenas 5% das empresas utilizam o BIM, mas a expectativa é que se metade da cadeia de construção (em faturamento) adotar a plataforma até 2028, haverá ganho de 7 pontos porcentuais do PIB setorial.

Neste sentido, a Prefeitura de Arapongas, no Paraná, saiu na frente. A partir de licitação pública, adquiriu junto à Buysoft, empresa de softwares de Maringá, também no Paraná, um conjunto de soluções da Autodesk para a área de arquitetura e engenharia da Administração Municipal.

O trabalho é baseado em produtos como Revit, Navisworks e InfraWorks, softwares que a Prefeitura de Arapongas não utilizava até serem apresentados como soluções pela Buysoft.

Além da aquisição, a empresa maringaense está implementando os programas por meio de um projeto de consultoria e treinamento ao setor de engenharia e arquitetura de Arapongas, com um engenheiro próprio, capacitado e responsável pelo projeto, ao longo de doze meses.

“A administração está investindo na implementação deste conjunto de soluções que é chamado de BIM – Building Information Modeling – que envolve softwares, que estamos implementando e, principalmente, pessoas que, a partir do treinamento que vamos ministrar, vão poder usufruir e tirar o máximo das ferramentas que apresentamos”, explica Jair Milani, Secretário de Obras, Transportes e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Arapongas.

O objetivo é otimizar os processos naquele setor da Prefeitura, além de evitar prejuízos. Os softwares implementados pela Buysoft realizam, por exemplo, cálculos exatos que afastam o risco de aditamentos em obras, ou seja, evita que no meio de um projeto o responsável descubra que faltam verbas para a conclusão daquela obra.

Há ainda outros benefícios como a eliminação de erros nos projetos, a possibilidade de acompanhar como a obra está se desenvolvendo passo a passo e a transparência nos gastos.

“Pra nós da Buysoft um trabalho como este ganha importância porque estamos oferecendo ferramentas que vão permitir que a Prefeitura evite prejuízos e, assim, a população também é beneficiada”, complementa Clemilson Correia, CEO da Buysoft.

Marcado , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.