Marco Tadeu Barbosa é empossado novo presidente da Faciap

Marco Tadeu Barbosa, presidente da Faciap / Crédito: Olga Leiria

O empresário Marco Tadeu Barbosa tomou posse como presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais fake cartier bracelets
do Paraná (Faciap) na noite desta sexta-feira (17), durante cerimônia no restaurante Madalosso, em Curitiba. Junto a ele, também foram empossados os vice-presidentes do Conselho fake cartier bracelet de Administração, os membros do Conselho Superior e os membros do Faciap Mulher e do Faciap Jovem.

Para a cerimônia, foram convidados autoridades, representantes políticos e líderes de entidades empresariais. Entre eles, a vice-governadora, Cida Borghetti, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, o presidente da Fecomércio, Darci Piana, e o presidente da Fiep, Edson Campagnolo.

Em seu discurso, o presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), George Pinheiro, parabenizou a nova diretoria da Faciap e lembrou que o ano de 2017 será de muito trabalho.

“Depois de um 2016 muito difícil, a recessão nos deixou seu lado mais perverso. Mais de 12 milhões de desempregados. Precisamos retomar os empregos. O estado brasileiro precisa gastar menos, adotando cartier bracelet gold
um rigoroso ajuste fiscal. É fundamental também tornar amistosa a relação entre o setor público e setor privado”, disse George Pinheiro.

Já o empresário Guido Bresolin Junior, que deixa a presidência da Faciap para assumir o Conselho Superior da entidade, disse que nos dois anos de sua gestão, o fortalecimento das instituições que representam o empresário foi uma parte significativa do trabalho. “Estivemos mais presentes e, sem dúvida, marcamos este momento da história do Brasil, que culminou com o impeachment. Com isso, demonstramos a força e a organização do sistema produtivo”.

O presidente eleito, Marco Tadeu Barbosa, lembrou que o sistema Faciap é formado por pequenas associações comerciais, perfil semelhante ao de grande parte das empresas do país. “Muitas associações trabalham com quase nenhuma estrutura. Mas mesmo assim, são o porto seguro do setor produtivo das cidades em que atuam. São a única referência das empresas, principalmente das pequenas cidades. São as fomentadoras do desenvolvimento”. Segundo ele, a gestão 2017-2018 quer trabalhar para fortalecer e integrar essas entidades.

Marco Tadeu Barbosa também afirmou que as associações muitas vezes cumprem o papel que seria do poder público. “As entidades criam projetos e puxam pra si a responsabilidade e resolvem problemas que nem seriam delas. Porque entenderam que o nosso papel não é reclamar nem ficar de braços cruzados. O nosso papel também é fazer”.

Cerca de 800 pessoas participaram da cerimônia de posse da nova diretoria da Faciap.

Fonte: Faciap News

Marcado , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.