Sebrae/PR lança, em Curitiba, Programa de TI 2016

Sobreviver em um setor extremamente dinâmico e competitivo é o grande desafio das micro e pequenas empresas de Tecnologia da Informação (TI). Para auxiliá-las, o Sebrae/PR criou um conjunto de soluções para dar mais eficiência e eficácia a seus modelos de negócios, a sua gestão e aos seus processos operacionais: o Programa de Tecnologia da Informação. A edição 2016 será lançada em Curitiba, na noite da quarta-feira, dia 9 de março, no auditório do Sebrae/PR.

O evento é gratuito e tem início às 19 horas, com a palestra “Pesquisa, desenvolvimento e inovação em software e serviços de TI: decifrando o presente e fazendo prognósticos para o futuro”, ministrada por Virgínia Duarte, da Softex. Em seguida, Luiz Gustavo Comeli, gestor de Projetos APL de Software e Inovação em Ambiente de Negócios do Sebrae/PR, apresenta em detalhes as ações do programa deste ano.

Segundo Comeli, o nível de maturidade de gestão dos empresários de TI é mais elevado do que a média geral de outros segmentos. “Por isso, é necessário se trabalhar a gestão de maneira mais qualificada, pontual e individual”, justifica.

O consultor explica que o diagnóstico inicial das empresas é feito com base no Modelo de Excelência em Gestão (MEG), da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ). “A maioria das empresas de TI fica em torno de 80 pontos, o que, para um micro ou pequeno, demonstra uma boa maturidade de gestão. Com esse resultado, percebemos que boas práticas de gestão já estão implementadas, então, passamos a fazer um trabalho mais individualizado”, detalha.

Após o diagnóstico, a consultoria do Sebrae traça um plano de ação para a empresa, focado em melhorias que devem ser implementadas ao longo do ano para alavancar o negócio. As ações são acompanhadas por um consultor e, ao final do ano, é feito um novo diagnóstico para avaliar a evolução da empresa. “O programa não entra em questões técnicas, de desenvolvimento de software, por exemplo, nosso foco é na melhoria dos processos que leva à melhoria da qualidade de gestão e, consequentemente, torna a empresa mais competitiva”, ressalta Comeli.

Programa ajudou empresa a passar pela crise

O Sebrae/PR é o principal ativador do Arranjo Produtivo Local (APL) de Software, governança que envolve mais de 100 micro e pequenas empresas do segmento de TI de Curitiba e região. O objetivo é estimular vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre os negócios participantes.

Foi por meio do APL que Jandir Bianco Jr., sócio-proprietário da ITSoftin, conheceu o Programa de TI do Sebrae/PR. Com 14 anos no mercado e 20 funcionários, a empresa foi uma das 28 participantes da última edição, o que lhe rendeu bons avanços em termos de gestão. “O primeiro MEG mostrava que já tínhamos um grau interessante de gestão e, no segundo, evoluímos bem, alcançando a nota máxima”, comemora.

Jandir recorda que faz questão de envolver toda a equipe nos processos, não só o setor administrativo. “Melhoramos questões de controle, organização interna. As ações também foram fundamentais para que passássemos com estabilidade por este momento econômico ruim do País”, comemora. Informações e inscrições para o evento de lançamento do Programa de TI do Sebrae/PR 2016 podem ser obtidas pelo Central de Atendimento do Sebrae/PR, no telefone 0800 570 0800.

Fonte: Sebrae/PR

Marcado , , , , , , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Os comentários estão encerrados.