Programa Paraná Competitivo conta com primeira adesão de empresa de e-commerce

O GOVERNADOR BETO RICHA DURANTE ASSINATURA DO PROTOCOLO DE INTEN‚ÍES COM A EMPRESA MI REVESTIMENTOS VIABILIZANDO PROJETO DE EXPANSÌO DAS ATIVIDADES EMPRESARIAIS DE COMƒRCIO ELETRïNICO

O GOVERNADOR BETO RICHA DURANTE ASSINATURA DO
PROTOCOLO DE INTEN‚ÍES COM A EMPRESA MI REVESTIMENTOS VIABILIZANDO PROJETO DE EXPANSÌO DAS ATIVIDADES EMPRESARIAIS DE COMƒRCIO ELETRïNICO

O programa de incentivo fiscal Paraná Competitivo, do Governo do Estado, recebeu a primeira inclusão de uma empresa de comércio eletrônico. Nesta segunda-feira (14), o governador Beto Richa assinou o protocolo de intenções com a M.I Revestimentos (madeiramadeira.com), de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A empresa vai investir, a partir de janeiro do ano que vem, R$ 26,8 milhões para expandir suas atividades de e-commerce de móveis e materiais de construção, que inclui a ampliação tanto da planta operacional como da área tecnológica.

“Nosso governo apoia quem trabalha e produz riquezas e empregos e os números da M.I. Revestimentos não deixam dúvidas quanto a isso”, afirmou o governador na solenidade, realizada no Palácio Iguaçu, em Curitiba. Richa ressaltou que a atração de empresas pelo Governo do Estado permite que o Paraná se destaque mesmo em um momento de recessão econômica.

“É a prova que o planejamento de ações, a segurança jurídica, o diálogo com a iniciativa privada, a disponibilidade de crédito e o incentivo fiscal proporcionam o desenvolvimento econômico de nosso Estado”, afirmou Richa. Ele citou as conquistas do Paraná, como o avanço para quarta maior economia do País e como segundo estado brasileiro mais competitivo.

NOVA FASE – O secretário de Estado do Planejamento e Coordenação Geral, Silvio Barros, explicou que, com o protocolo com M.I Revestimentos, o programa Paraná Competitivo inaugura uma nova fase, que visa atração de empresas de comércio eletrônico, com incentivo fiscal no recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS).

“Este protocolo abre as portas para que o Paraná entre definitivamente no mercado de comércio eletrônico. O sucesso desta empresa, que tem o aporte financeiro de importantes fundos de investimento, incentiva que outras grandes empresas do setor venham ao Paraná”, ressaltou. “Estamos estabelecendo com a empresa um mecanismo com uma alíquota diferenciada, para que eles possam manter no Paraná seu ponto de distribuição para outros estados”, explicou Barros.

Para o diretor executivo da empresa, Daniel Scandian, o incentivo fiscal do Estado é essencial para que o empreendimento continue crescendo. “Como os outros estados contam com programas grey is the color of hope de incentivos para a área de e-commerce, que tem um crescimento muito rápido, sem o apoio do Governo do Paraná nós ficaríamos menos competitivos e não teríamos como prospectar nosso crescimento”, afirmou. De acordo com ele, a empresa pretende recolher, nos próximos cinco anos, R$ 32 milhões de ICMS.

A EMPRESA – Criada em 2009, com um investimento de R$ 300 mil, a M.I. Revestimentos apresenta um crescimento anual superior a 80% e deve faturar, neste ano, cerca de R$ 90 milhões. O faturamento em 2016 está previsto em R$ 145 milhões, devendo chegar a R$ 512 milhões em 2020.

A empresa conta com aporte de importantes fundos de investimentos e se consolidou como um dos maiores e-commerces do País, com cerca de 60 milhões de acessos por mês. A companhia tem, hoje, 145 funcionários e deve contratar mais 70 no próximo ano.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o Chefe da Casa Civil do Governo do Paraná Eduardo Sciarra, e o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Marcado , .Adicionar aos favoritos o permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.